Ao Ar Livre

As galinhas criadas ao ar livre são alimentadas de maneira diferente?

3 min leitura publicado em 8 Abril 2021
Gust Fleerakkers

“Dia desses, eu estava conversando com um vizinho, criador de galinhas caipiras. Uma raposa viu todas as suas saborosas galinhas indo para o galinheiro, então decidiu segui-las. Mas quando o galinheiro foi fechado, ela passou por momentos difíceis, estando em menor número, é claro. O avicultor a encontrou em um canto na manhã seguinte. Ela saiu correndo do galinheiro quando as portas se abriram novamente. Ela não tocou em nenhuma galinha, hahaha."

Gust Fleerakkers é especialista em aves do Vencomatic Group. Ele seguidamente recebe perguntas de avicultores sobre criação ao ar livre como por exemplo, sobre tipos de alimentação, mas também sobre o processo de alimentação: “A criação ao ar livre está sujeita a legislações. Em alguns países, por exemplo, as portas têm de ser abertas às 10 horas da manhã. Isso tem um impacto sobre como você alimenta suas galinhas.

Como o processo de alimentação difere do processo caipira?

“Se você quiser vender ovos de galinhas caipiras, terá que cumprir regras com base nas quais será monitorado, por exemplo, sobre a abertura do aviário. Você depende das condições climáticas externas e deve ter em mente essas condições de cada estação. Uma galinha entra quando escurece, então a iluminação tem de mudar de acordo com as condições externas."

"Quando as portas se abrem de manhã, nem todas as galinhas botaram ovos. Uma galinha poedeira produz estrume ao acordar e sai em busca de comida e água, depois vai ao ninho para botar um ovo. Isso geralmente acontece dentro de oito horas após o despertar, com um pico entre a segunda e a sexta hora."

Na hora da alimentação, você leva isso em consideração?

“Em alguns países pode haver no máximo 17 horas de luz, enquanto que o período noturno deve ser de no mínimo 7 horas. As galinhas acordam por volta das 6h, depois são alimentadas no sistema. Elas têm acesso à alimentação durante todo o dia, mas você não deve incomodá-las durante o período de a postura. Assim que as portas se abrem às 10h, você tenta mantê-las dentro do aviário com ração, pois muitas galinhas ainda não puseram os ovos.

"Também funciona ao contrário: você usa comida para trazer as galinhas de volta ao aviário à noite. Por elas dormirem no aviário você também você pode atraí-las com luz. Assim que escurece, a luz do aviário deve estar acesa para atraí-las. Se começarem a se esconder, fica mais difícil, e algumas galinhas também podem ficar pra fora quando as portas se fecham.”

As galinhas caipiras recebem ração diferente?

"A ração é a mesma, mas frequentemente minerais extras são adicionados à ração para garantir que elas tenham pernas mais fortes e melhores, afinal, elas caminham mais ao redor dos aviários. Às vezes, cálcio é adicionado para ossos mais fortes ou melhor qualidade da casca do ovo. Atualmente, as galinhas podem ser mantidas por 100 semanas e botar 500 ovos. São atletas de ponta, então tudo deve estar em ordem dentro do aviário e fora dele. Um pouco de legumes e verduras a mais não é suficiente: tem que ser uma ração balanceada, adequada à qualidade da produção e ao aspecto das aves.

Fale mais spbre frango caipira...

“Muitos conceitos de marketing foram desenvolvidos para que os frangos vivam um pouco mais e tenham um peso final mais variado. Frequentemente, corridas ao ar livre fazem parte de tal conceito; o conceito de frango caipira, por exemplo, que é criado ao ar livre."

"Existem legislações separadas para isso também. Existem até mesmo raças especiais desenvolvidas que são mais adequadas ao meio ambiente e ao ar livre. Os frangos normais são muito baixos e crescem muito rápido. O Sistema vencedor de prêmio de inovação da Vencomatic, o X-Treck, pode garantir que a qualidade do pintinho nascido seja melhor, para que a produtividade seja maior, e sua saúde seja de alta qualidade."

O risco de salmonela é maior com a criação ao ar livre?

“O maior risco de salmonela está na ração, então os riscos não são maiores com animais criados ao ar livre. A ração básica é sempre fornecida por um fabricante especializado, então há um controle rígido da alimentação.

“No passado, as carcaças de frango eram frequentemente dadas como alimento a outros animais da fazenda. Hoje isso não acontece mais, por causa dos riscos de contaminação. Graças a mais conhecimentos, tudo se tornou muito mais rígido em relação à alimentação e à nutrição. E este é um grande avanço, é claro.”

Contate-me

Publicado por

Edwin Vlems

Grow your business with
the lowest environmental impact

Two things everyone loves.